de filha de caçador a conservacionista

por | 22 setembro 2015 | 0 Comentários

Enfermeira obstétrica, Psicóloga e YouTuber. Madura, vivendo o feminino pleno, o tempo do carvalho. Com netos que provocam o impulso de amadurecimento e atualização continua. Amo os livros. Amo as cores. Amo as artes. Adoro viajar. Aprender e ensinar é minha paixão. Sou profundamente inspirada no universo das boas conversas.

Numa explanação de um minuto e poucos segundos Suzana Machado Pádua conta uma história de mudança. Nela sai de uma posição de alguém com formação tradicional e urbana pra morar num área de reserva estadual. Da condição de filha de caçador premiado a preservacionista.

É estimulada pelo marido e em 1992 se envolve na criação de  um Instituto de pesquisas ecológicas e posteriormente  cria, em parceria, uma Pós graduação em biodiversidade.

Reflito sobre como o que nos acontece nas diferentes fases da nossa história de vida nos provocam, cutucam nossa personalidade, pra seguirmos o caminho da alma e nos envolvermos com o tema da nossa vocação. De como, por caminhos insuspeitados, nos envolvemos realmente com o que dá sentido a nossa existência e tem relação com o legado pessoal e/ou profissional.  Reflito.

E…deixo o tema como provocação pra tua reflexão.

O que a história da Suzana desperta em ti?

Como sensações e pensamentos de uma criança, “olhando” a realidade que experiencia, contribuem pra sua visão intuitiva de mundo e podem influenciar suas decisões de trabalho futuras?

O que podemos estar classificando como atos de heroísmo e que na verdade revelam uma profunda alienação no que diz respeito a como funciona a ampla conexão na teia que liga tudo no planeta?Compreendemos que a vida humana e tudo o que é vivo dependem de se manter VIVA e saudável esta conexão? Contribuis pra isso?

Que fatos na tua história pessoal, dos quais te dás conta hoje,  de alguma maneira determinaram tuas escolhas? Consciente ou inconscientemente eles nos inclinam pra uma direção. Sabes o que te influenciou?

Esta é uma das tarefas existenciais. Bom trabalho! Eu estou a cada dia mais envolvida com o meu de me tornar consciente de que nada está separado. E que somente na unidade SOU.