5 etapas que envolvem Morte-morrer-bem viver

por | 1 fevereiro 2016 | 4 Comentários

Enfermeira obstétrica e Psicóloga. Madura, vivendo o feminino pleno, o tempo do carvalho. Com netos que provocam o impulso de amadurecimento e atualização continua. Amo os livros. Amo as cores. Amo as artes. Adoro viajar. Aprender e ensinar é minha paixão. Sou profundamente inspirada no universo das boas conversas.

Instagram serie VIDA 16 -jan 2016- Ana Lúcia Fernandez

Já andaste te “pegando” pensando sobre o assunto morte?

Pois…na nova série #livrosquetocamaalmavovozen-VIDA começo indicando um livro que trata da morte: Sobre a morte e o morrer, de Elizabeth Kübler- Ross, editado pela ed. Martins Fontes, em 3ª edição em 1989, mas lançado nos Estados Unidos em 1969.

Um clássico no assunto. Uma referência. Conhecido em profundidade por todos os que na área de Saúde ou de Humanas se dedicam a estudar, pesquisar ou utilizar o tema no cuidado com pessoas.

Porque pra inaugurar a série VIDA escolho um livro, dos mais famosos, sobre morte? (Outra grande referência é o livro de Sogyal Rinpoche: O livro tibetano do viver e do morrer. Deste nada comento neste espaço mas fica como indicação pros que estão se aprofundando no tema morte).

Escolho porque, tu sabes, viver e morrer  são realidades inseparáveis quando falamos em  linha da vida na terceira dimensão. Esta dimensão na qual estamos encarnados. Lidar com a morte representa uma tomada de consciência da nossa finitude. E o teu e o meu entendimento  possibilitam uma maneira de lidar mais realista e pacífica com o fato.

E porque a leitura do livro pode te interessar se nem pensas em morrer, rs?

Porque conhecer nossos mecanismos frente a perdas amplia a consciência sobre o que acontece e permite decidir viver de mInstagram serie VIDA 29 -jan 2016- Ana Lúcia Fernandezaneira mais rica o cotidiano.

Elizabeth relata na maior parte do livro de forma sensível, com um ouvido aguçado e com um olhar atento para a pessoa moribunda suas agonias, expectativas e frustrações. Que são as tuas e as minhas ainda que não estejamos vivendo o mesmo estágio; refletem as inquietações de cada um de nós, como podemos ver à medida que os relatos transcorrem.

“Ai mas isso é muito triste. Nem quero saber”. Pois… podes te surpreender com a beleza do que Elizabeth conta. O entendimento se amplia em cada um que le.  Tu, agora, neste caso. E podes te somar aos que  “aprenderão mais sobre como o espírito humano age, sobre os aspectos humanos peculiares à vida e haverão de sair desta experiência enriquecidos, talvez até menos ansiosos quanto ao seu próprio fim”.

E antes do “fim” o que acontece? As 5 etapas que ela  elencou como sendo etapas do “luto” e eu nomeio aqui: negação e isolamento, raiva, barganha, depressão e aceitação. Estas etapas são as mesmas que cada um de nós, que experimentamos perda, ( da saúde, de um ser amado, de status, na profunda frustração de um sonho…) passa.

Então…o estudo e os relatos da autora são fruto do acompanhamento com moribundos mas as lições são pra vida.

Na minha prática clínica estes estados frente a perda tem sido bem frequentemente apresenInstagram serie VIDA 30 -jan 2016- Ana Lúcia Fernandeztados pelos clientes e se alternam em diferentes períodos da vida. O processo não é linear. Tu mesmo podes já ter passado por estas fases…Como lidaste com elas..?

Podes ler, ampliar a compreensão a partir deste livro que te indico e levar adiante compartilhando este conhecimento a partir deste blog.

Que a leitura te seja útil!

Que o entendimento pra lidar contigo mesmo e com pessoas a tua volta, seja imediato! E que o compartilhamento seja efetivo,  clicando no “compartilhar” ao final deste texto.